Portal G1 "faz comentário" infeliz por falha grosseira

Veremos o print do comentário logo após a postagem onde um garoto escolhido pelo Presidente desfila com ele no 7 de Setembro, em seguida a nota do próprio G1 confirma o ato onde diz que repudia o uso da conta, mas não pede desculpas pelo garoto ou sua família. Veremos:
Divulgação


Diz o comentário que foi apagado: "Moleque imbecil, vai se alfabetizar."
Esse tipo de ocorrência é bem comum, tanto que já aconteceu em 2017 quando a conta da prefeitura do Rio de Janeiro comentou falando do BBB. 

O que estamos vendo na atual condição são pessoas não tão bem preparadas para lidar com o assunto. Um portal como o G1 deveria ter em sua redação equipamentos próprios e exclusivos para isso, evitando que perfis pessoais fizessem login ou tivessem acesso. Isso evitaria em muito esse tipo de constrangimento. O G1 afirma que vai apurar os fatos, porém já sabemos como anda a política e a guerra midiática. Não podemos descartar nenhuma explicação. 

No caso em questão, podemos ter duas questões: Uma conta direta do G1 ou uma fanpage compartilhada com usuários que utilizando seu perfil pessoal tem permissões para postagem. Quando feito através de perfil pessoal, você precisa ter muita atenção na hora de troca-los. Muitas vezes o próprio facebook dava problemas e você acabava postando com nome errado. Fato que hoje é mais fácil ... falta de atenção?
“Nota da redação: A conta do G1 foi indevidamente utilizada para um comentário ofensivo sobre o menino que acompanhou o presidente Jair Bolsonaro no desfile de 7 de setembro. O G1 repudia o uso de sua conta e anuncia que vai investigar o ocorrido e tomar as medidas cabíveis.”
Quando propomos um projeto qualquer, neste consta uma estação (computador, tablet ou celular) exclusiva para tratamento das redes sociais. Essa questão não pode existir economia, vide os casos até de empresas pequenas onde os administradores fazem postagens ao errarem as contas de usuário e acesso. 

Se isso acontece com grandes portais, acreditar que não vai acontecer com sua empresa é algo prematuro. Todos estão sujeitos a qualquer postagem errada. Escrever errado já foi o grande problema dos "estagiários" sem mesa, cadeira e login ... agora eles precisam, também, distribuir ódio. Ter opinião diferente dos "donos" das mídias é não ter estudo ou algum problema cognitivo. Creio que se isso for erro de algum operador ou equipe de mídias sociais do portal estes devem estudar e se atualizar.

Todos podem errar, TODOS ... mas é um erro banal e grosseiro. Como se já não fossem suficientes os títulos e matérias tendenciosas para determinado lado político.

As pessoas precisam acordar para a realidade que é hoje a comunicação na internet. Ela se move em uma velocidade absurda e não contempla erros. 

Todos vamos errar um dia, até nós da TSM4p poderemos errar, mas trabalhamos para que esses impactos sejam mínimos ou não ocorram. Não existem planos de ação direta de empresas, famosos e etc para crises ... não existe. Normalmente uma equipe de advogados assume após qualquer loucura que ocorra, tentando algo jurídico. Porém, profissionais preparados para momentos de crise, que façam de IMEDIATO uma ação para neutralizar ou diminuir ao máximo o impacto de qualquer ocorrência, realmente isso não tem. Em grandes comunicações deveríamos ter equipes prontas para atuar com respostas e postagens preparadas previamente. Isso é o básico que se espera de um portal como o G1. Porém saber quem usou a conta do portal, enfim ... nunca saberemos de fato. 

Uma coisa é certa, alguém com ódio no coração usava o mesmo lugar para postar em nome do G1 e isso já é o suficiente para saber que tem bastante coisa errada por lá, fora que a preocupação é de quem usou e repudiam, mas a imagem da criança e seus familiares ... enfim, parece que quando é algo contra apoiadores do governo atual não existe cuidado ou remorso. Seja segurança ou preparo da equipe, algo está muito errado.


por Tiago Santos MKT


Atualização:
09/09/2019
-----------------------------------------------------------------
TSM4P - tsm4p.com.br
Marketing & Mídias
-----------------------------------------------------------------
contato@tsm4p.com.br | +55 21 9809-27333
@tsm4p (Facebook, Instagram e Twitter)