Marketing Político

Qual o motivo de existir um "ramo" dedicado apenas ao marketing político?


Essa pergunta ocorre sempre por diversos fatores, pois na véspera da campanha dezenas de pessoas oferecem os mais variados serviços e após a eleição os políticos eleitos não sabem o que fazer ou por onde começar com a sua imagem e prestação de contas.

Um bom profissional de marketing político precisa estar atualizado com a legislação eleitoral, conhecer como funciona a máquina pública e precisa sim estar antenado nas atualidades dos partidos e como estes se comportam e se relacionam. 

Ações simples são uma grande dificuldade para amadores neste ramo, pois colocam a perder toda a imagem, queimando dinheiro e gastando tempo (que é precioso) com ideias, muitas vezes, inúteis. As campanhas são apertadas e dependem de uma séria de dados e números para se consolidarem. 

Existem questões no marketing político que, em muitos casos, procurar soluções é perder tempo. Hoje com apenas 45 dias de campanha se o profissional não souber o que está fazendo pode colocar todo o processo a perder e, em vários casos, impugnar a campanha por desconhecer a legislação e acabar errando. A legislação eleitoral do TSE no caso das campanhas é rígida e não tolera erros multando e impugnando até eleitos por falhas muitas vezes grosseiras. As multas são altas e todo cuidado é pouco.

Nesta linha de raciocínio do marketing a experiência conta muito e ter participado da gestão de campanhas anteriores é fator crucial.

Por conta da matemática eleitoral muitos candidatos mesmo com muitos votos ainda assim precisam esperar o quociente eleitoral e neste caso ninguém pode prever, até a contagem e compilação do último voto. A eleição só acaba quando se conta o último voto da última urna. 

Quando eleito o político precisa de uma boa assessoria que o oriente e cuide de sua imagem, neste momento uma boa equipe técnica/marketing preparada será crucial para uma boa gestão e futuras eleições. A equipe de assessores deve estudar e se atualizar constantemente, mantendo o político sempre informado para que esteja preparado no momento certo. 

Diversos Vereadores, Deputados, Senadores, Prefeitos, Governadores e até Presidentes já passaram muita vergonha por desconhecerem assuntos básicos dentro de suas atribuições. Já observamos pelo Brasil, vereadores apresentando projetos de lei para seus municípios que estavam fora das suas atribuições. Isso acaba levando a desgaste da imagem, perda de tempo e consumo de dinheiro público.

O marketing político é bem abrangente e só pode ser exercido por profissionais que estejam comprometidos e se atualizem sempre. São muitos os oportunistas, mas que facilmente são reconhecidos com uma meia dúzia de perguntas. 

Conheça nossa experiência e saiba como podemos ajuda-lo.

 por Tiago Santos MKT 


Atualização: 20/09/2020
-----------------------------------------------------------------
TSM4P - tsm4p.com.br
Marketing & Mídias
-----------------------------------------------------------------
contato@tsm4p.com.br | +55 21 9809-27333
@tsm4p (Facebook, Instagram e Twitter)